Qual é o melhor investimento: busca paga ou SEO?





Trabalhar com recursos limitados de marketing geralmente significa priorizar suas iniciativas com base no impacto geral que elas podem ter em seus objetivos. Uma das principais considerações nessa pesquisa é se o seu tempo é melhor investido em busca paga ou em otimização de mecanismo de pesquisa (SEO). Esta pode ser uma decisão complicada. Neste guia, abordamos os prós e os contras de cada abordagem, bem como o desempenho que você pode esperar de cada uma.


Busca paga (ou pesquisa paga)

A pesquisa paga oferece aos profissionais de marketing a capacidade de procurar seu público-alvo, gerando tráfego de visitantes altamente relacionados com suas personas. Esta é uma ferramenta poderosa. Além disso, as contas de buscas pagas podem ser implantadas em uma variedade de plataformas e em várias configurações para suportar seus objetivos específicos.


Precisa aumentar o número de leads do topo de funil no seu site? Tente lançar uma campanha de geração de leads no Facebook e acompanhe esses leads. Deseja aumentar sua presença de SERP em pesquisas de marca? Lance uma campanha de marca no Google Ads e, voilá, seus anúncios agora possuem mais destaque na parte superior das consultas no principal mecanismo de buscas. O motivo mais atraente para alavancar a pesquisa paga é que esse tráfego pode ser direcionado quase sob demanda.


Há pouco tempo de espera ao considerar a busca paga. Se o site que você está trabalhando é relativamente novo, ela deve ser fortemente considerada apenas por esse motivo.


Tenha um entendimento claro da meta que você está tentando alcançar e deixe que essa meta guie a estratégia de toda a campanha. À medida que o tráfego começar a aparecer, você começa a ver o retorno dos gastos com anúncios que suas campanhas podem gerar. Resumindo: essa é a métrica que você deve observar para garantir que as campanhas que você está executando sejam saudáveis para seu site e seu bolso.


Mecanismo de Otimização de Buscas (SEO)

A maioria dos profissionais de marketing está ciente de que, quanto melhor suas listagens orgânicas estiverem nas páginas de resultados dos mecanismos de buscas, mais tráfego eles poderão direcionar para seus sites. Portanto, melhorar a classificação das suas listagens para pesquisas especificamente segmentadas é uma maneira incrível de aumentar o volume e o desempenho gerais do tráfego do seu site. Isso pode ser feito com a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO). Um dos principais benefícios de investir o seu tempo ou da sua equipe em SEO é que todo o tráfego que chega ao seu site organicamente é gratuito, embora exija trabalho.


Uma iniciativa baseada em SEO pode ser um processo complicado, porque há muitos fatores que influenciam na classificação do site. Muitos deles, como enviar um mapa do site para o Search Console ou escrever tags de título e meta-descrições atraentes, podem ser feitos de forma relativamente rápida. No geral, porém, o trabalho de SEO pode consumir tempo e muitos recursos.


Um dos fatores mais importantes para determinar a classificação das suas listagens é a qualidade e a profundidade do conteúdo do seu site relacionado à pesquisa em questão. A criação desse conteúdo deve ser uma das suas principais prioridades na otimização do site para pesquisa, pois envia uma mensagem clara aos mecanismos de pesquisa de que seu site é uma autoridade no assunto. Lembre-se de que o principal objetivo do Google é fornecer aos usuários uma experiência de pesquisa de alta qualidade, e isso significa direcioná-los para sites que fornecem exatamente o que eles estão procurando.


Para saber mais 7 ferramentas para te ajudar a ter ideias de conteúdo

Usando esse entendimento, você pode desenvolver uma ideia exata de que tipo de conteúdo precisa criar em seu site para obter aos visitantes as informações que eles procuram. Comece com um pequeno grupo de termos que você gostaria de classificar melhor, concentre-se nos termos mais alinhados com sua marca e mercado e comece a trabalhar no conteúdo para melhorar a classificação do seu site. Com o tempo, você pode expandir sua lista de termos para incluir itens que originalmente eram muito amplos ou competitivos. Dessa forma, você pode ver o número de visitas orgânicas do seu site aumentar constantemente ao longo do tempo.


Outro fator na capacidade de classificação do seu site é o número e a qualidade dos links externos para o seu domínio. O Google vê cada um desses links como um voto para a qualidade do seu site. Construir o patrimônio do link do seu site é algo que requer divulgação ativa, mas que não deixa de ser outra tática à longo-prazo.


Como você pode ver, a natureza pesada do trabalho de SEO significa que geralmente leva um investimento de tempo maior do que a pesquisa paga. É quase como uma anuidade, onde o tempo é investido constantemente ao longo dos meses, enquanto o retorno desse investimento cresce lentamente.


Tenha algumas considerações em mente


Ao decidir qual direção você gostaria de tomar, é importante pensar em algumas coisas. Em primeiro lugar: quais são as taxas de conversão que você pode esperar de cada abordagem. Segundo a pesquisa da SmartBug, o tráfego orgânico pode ser convertido a uma taxa de cerca de 16%. É claro que isso pode variar, mas, em geral, o tráfego orgânico deve ser uma das fontes de conversão mais altas em seu portfólio.


Dito isso, aumentar o volume de tráfego orgânico para o seu site é algo que pode levar meses ou até anos de trabalho por parte de seus redatores e desenvolvedores para que sites relativamente novos possam encontrar bons resultados nas buscas pagas, ao menos em curto-prazo.


Para saber mais: Qual a diferença entre tráfego orgânico e tráfego direto?

Por outro lado, o tráfego de busca paga converte em uma porcentagem muito menor, em média. De acordo com este artigo do WordStream, a taxa média de conversão que você pode esperar de uma campanha de pesquisa é de 3,75% para todos os setores, enquanto uma taxa de conversão de exibição saudável é de 0,77%. Isso pode variar de acordo com o setor e a plataforma, e sua taxa de conversão geral dependerá de quanto do seu orçamento é dedicado à pesquisa ou exibição, mas entender que o tráfego de busca pago certamente será convertido em uma porcentagem menor do que a orgânica deve ajudar a alinhar suas metas e expectativas de acordo com cada uma das ferramentas apresentadas aqui.






Copyright © Prosperidade Conteúdos