Guia básico de marketing para Grupos do Facebook

Atualizado: Mai 27



Com mais de 2,5 bilhões de usuários, o Facebook se tornou um recurso essencial para marketing. E, enquanto muitas marcas configuram suas páginas e até veiculam anúncios ou postagens aprimoradas na plataforma, muitas não exploraram ou até investiram tempo algum para entender a riqueza de oportunidades de marketing disponíveis a eles através dos Grupos do Facebook.


São 10 milhões de grupos existentes e mais de 1,4 bilhão de usuários - portanto, é muito provável que a sua persona esteja envolvida em um grupo.


Como os grupos do Facebook podem ajudar suas estratégias de marketing?


  • Eles são uma forma de compensar as recentes alterações no algoritmo da rede social, ajudando a gerar engajamento e aumentar o alcance orgânico - que até mesmo a própria plataforma já admitiu que prioriza o conteúdo de grupos com os quais os usuários frequentemente se envolvem.

  • Os grupos podem promover um forte senso de comunidade em torno de sua marca, além de aumentar a satisfação e as vendas com as recomendações de boca a boca dos clientes.


Ao longo deste artigo mostraremos como usar os Grupos do Facebook para expandir seus negócios. Mas, antes de começarmos, precisamos abordar esta questão:


Qual é a diferença entre uma página e um grupo no Facebook?


A página seria o equivalente a apresentar seu cartão de visita a um cliente em potencial, enquanto um grupo é como sair para tomar café com um prospect. Uma página do Facebook é onde você apresenta sua empresa: quem você é, o que oferece, informações de contato, links para seu conteúdo e assim por diante.


Os Grupos do Facebook, por outro lado, incentivam você a participar de conversas bidirecionais entre sua empresa e seus clientes potenciais. Eles foram projetados para serem fóruns ativos, onde os membros podem fazer perguntas, postar sobre eventos, acompanhar conversas, compartilhar fotos, links e muito mais.


Dicas e truques para usar grupos para melhorar seus recursos de marketing


Depois de identificar que a sua persona está, de fato, usando o Facebook e interagindo nos Grupos, você pode determinar sua estratégia. Você pode entrar em grupos relevantes, agregar valor às conversas que estão acontecendo ou criar seu próprio Grupo.


Pode apostar: as pessoas que se juntam ao seu grupo no Facebook estão interessadas em se envolver com a sua marca de alguma forma. Essa é uma excelente oportunidade para nutrir e envolver essas comunidades. Então, novamente, existem duas maneiras gerais de usar os Grupos do Facebook:


  1. Entre para grupos existentes e faça parte da comunidade ajudando outras pessoas livremente, conectando pessoas em sua rede e fornecendo valor.

  2. Crie seu próprio grupo para nutrir os relacionamentos com os clientes.


Estimule a comunidade e conexão, não tente vender


Ninguém se junta ao seu grupo porque deseja comprar seus produtos ou serviços, mas porque deseja participar das discussões interessantes e relevantes que você pode oferecer. De fato, o Sprout Social, solução para mídias sociais, revelou recentemente que quase 50% dos consumidores afirmam que ingressam em comunidades, como os Grupos do Facebook, para que possam interagir diretamente com as marcas.


As discussões que você tem com seus membros podem incluir qualquer coisa relacionada ao seu setor ou nicho; você pode convidar influenciadores para a conversa, compartilhar conhecimentos e resolver problemas.


Um grupo americano do Facebook que faz isso bem é o Digital Marketing Hub (DMH_) Dedicada ao empreendedorismo e ao marketing, a DMH é uma grande comunidade que compartilha novas informações, últimas tendências e desenvolvimentos do setor. Dica: para quem tem boas noções da língua inglesa, é um ótimo meio de estar em contato com novidades quentíssimas do mercado.


Use seu grupo como seu campo de teste beta


Embora o objetivo principal do seu grupo seja gerar discussões com seu mercado-alvo, ele também pode ser um local seguro para testar novas idéias de conteúdo - como uma nova idéia de blog, publicação em mídia social ou toda uma estratégia de marketing de conteúdo - antes do lançamento para o público em geral.


Por exemplo: se você está pensando em escrever um post no seu blog sobre os "10 principais aplicativos a serem usados para impulsionar seu SEO", você pode iniciar uma conversa em seu próprio grupo - ou em outros grupos - e ver o que as pessoas criam e por quê. Isso pode ajudá-lo a aprender o nível de interesse neste tópico, reduzir o tempo de pesquisa e ajudá-lo a debater novas ideias de conteúdo um pouco além do seu horizonte.


Além de testar suas próprias ideias, você pode desenvolver novas ideias de conteúdo a partir das conversas e comentários que acontecem na sua página. Você pode aproveitar também para instigar as conversas e comentários para conquistar mais interações.


A grande vantagem dos grupos é trabalhar muito bem a segmentação, ou seja, para cada persona da sua empresa, é possível criar um grupo. Algo que eles deixaram muito claro em suas campanhas, como podemos ver abaixo:




Aproveite a visão do cliente


Você também pode usar os Grupos para entender qual produto ou serviço melhor atenderia às suas necessidades. Você poderia fazer a pesquisa, avaliações de mercado e assim por diante, mas também poderia começar perguntando aos membros do seu grupo. Os grupos fornecem uma linha direta de comunicação entre sua marca e um conjunto específico de pessoas - por que não tirar proveito disso?


Digamos que você esteja apresentando ou patrocinando uma conferência, mas não tem certeza de como fornecer o maior valor aos participantes. Você pode postar uma pergunta simples em um grupo do Facebook: “Estamos animados em anunciar que apresentaremos na Conferência XYZ! O que você está procurando aprender na conferência deste ano?


Forneça um atendimento ao cliente incrível


Você sabia que 86% dos compradores disseram que pagariam mais por uma experiência superior de atendimento ao cliente? Isso não deve surpreender. Mesmo para um passeador de cães, todos queremos que a pessoa que contratamos chegue a tempo, se comunique de forma eficaz e ofereça excelente atendimento aos nossos filhotes peludos.


Ninguém quer escolher o passeador de cães mais barato que não aparece, não possui habilidades de comunicação e não entende como cuidar de animais.


Os Grupos do Facebook oferecem a você a oportunidade de fornecer um serviço incrível ao cliente, especialmente quando você tem comunidades dedicadas para consultas de clientes, o que aumenta sua disponibilidade para seus prospects e oferece mais uma saída para você se conectar com os usuários um a um.


Todos nós já estivemos lá, procurando pelo número 0800 de uma empresa, porque ninguém respondeu ao nosso e-mail. Os Grupos do Facebook resolvem esse problema facilitando a conexão entre clientes e prospects. Apenas verifique se você possui um sistema para responder às perguntas dos membros o mais rápido possível. Atribua vários administradores ao seu grupo do Facebook, se necessário.


Crie grupos específicos para eventos


Sua empresa participa e/ou organiza muitos eventos? Oficinas? Aulas? Seminários? Webinars? Conferências? Nesse caso, a construção de uma comunidade em torno desses eventos pode ser um caminho que você deve estabelecer no seu planejamento estratégico. Os participantes podem não apenas fazer perguntas e obter ajuda antes do evento, mas também podem compartilhar fotos e comentários após o evento.


Mostre que você aprecia seus clientes


Outra boa sugestão é criar um grupo no Facebook dedicado aos seus clientes atuais e embaixadores da marca - uma comunidade projetada para fazê-los se sentirem especiais e apreciados e terem um senso de orgulho e um espírito de integração.


Incorpore seu grupo à suas estratégias mais abrangentes


Como em qualquer marketing, você não deve apenas criar um grupo no Facebook e postar o que vier à mente. Crie uma estratégia de conteúdo que inclua um calendário de postagens, metas, campanhas, estratégia de engajamento, táticas de otimização e estratégias de teste de conteúdo (gerado pelo usuário, Facebook Live e vídeo nativo do Facebook, conteúdo interativo como enquetes e imagens como gifs, memes, fotos e infográficos).


Se você dedicar tempo e esforço à criação de um fantástico grupo no Facebook, promova-o para que seu público saiba sobre ele. Você pode fazer isso em newsletters enviadas por e-mail, nas plataformas de mídia social, através de convites para seus clientes atuais e no seu site.


Certifique-se de gerenciar o progresso do seu ROI


Você pode estar pensando que tudo o que dissemos até aqui sobre os Grupos do Facebook é interessante, mas ainda não é suficiente para considerar como uma ferramenta de capacidade efetiva de medir o retorno do investimento.


Como profissional de marketing, obviamente, você estará observando todas as mudanças que acontecem e, assim, as vendas crescerão e a satisfação do cliente será elevada após o lançamento do seu grupo no Facebook, mas você também pode analisar seus canais. Ao usar uma ferramenta de monitoramento, você poderá não apenas ver se as pessoas estão falando mais sobre o seu produto, mas também se essas conversas são positivas ou negativas. Assim, conseguirá ser ainda mais assertivo nas estratégias.





Copyright © Prosperidade Conteúdos