SEO: entenda se você está fazendo um bom trabalho

Atualizado: Mai 27


Para ganhar território no espaço do SEO, você precisa saber por onde começar. A condução de uma análise de SEO fornecerá as informações que você precisa para planejar sua estratégia, determinando onde precisa melhorar e o que precisa priorizar.


Mas, o que exatamente é uma análise de SEO? Quais são as áreas que você precisa considerar antes de iniciar uma? Entenda os princípios a seguir.


O que é uma análise de SEO?


Uma análise de SEO, também conhecida como auditoria, é como um relatório de status. Ele ajuda a determinar o desempenho da sua estratégia de SEO - mas não para por aí.


Essa análise também pode revelar onde você está gerando seu tráfego, como está realizando sua estratégia de conteúdo, quais palavras-chave está classificando, quem são seus concorrentes, onde seus concorrentes estão se posicionando, como está o seu desempenho dentro e fora da página nos fatores de SEO além de entender se há ou não erros técnicos na sua plataforma.


Porém, uma análise de SEO vai além de onde você está e exige que você avalie para onde está indo, identificando áreas nas quais precisa melhorar. Com todos os dados coletados durante uma análise, você tem uma visão clara e ampla de sua execução e destaca onde está deixando a desejar e que oportunidades pode estar perdendo.


Com isso em mente, vamos mergulhar no que você precisa procurar ao iniciar sua própria análise.


Onde você deve se concentrar ao conduzir sua análise de SEO?


- Análise de tráfego


Você precisa examinar cada canal e ver de onde vem o tráfego. Isso envolve a verificação de suas mídias orgânicas, de referência, sociais, e-mail marketing, pesquisa paga, tráfego via social e direto pago, além de outros canais em potencial em que você possa atrair visitantes.


Idealmente, você deve extrair a maioria do seu tráfego de fontes orgânicas, porque isso normalmente renderá os melhores visitantes. Além disso, você não precisa pagar diretamente por visitantes orgânicos como os canais pagos.


Direcionar consistentemente o tráfego de fontes orgânicas também garantirá que você tenha um fluxo de novos públicos visitando seu site, permitindo gerar leads e adicionar mais contatos em toda a jornada do funil de conversão.


Mas, se você não está gerando a maior parte do seu tráfego de modo orgânico, a melhor aposta é alterar sua estratégia de SEO. Você provavelmente descobrirá como mudar sua estratégia enquanto conduz as outras partes de sua análise.


- Análise da estratégia de conteúdo


Nesse estágio, é aconselhável fazer uma série de perguntas:


  • Como é o seu funil de conversão?

  • Você fornece uma jornada lógica de um conteúdo para o outro aos seus contatos?

  • Existem lacunas no seu funil nas quais você precisa escrever sobre novos tópicos?


Sua análise da estratégia de conteúdo deve informar diretamente seu calendário editorial. Se você reconhecer que está faltando conteúdo nos tópicos que deve discutir ou que escreveu postagens sobre tópicos nos quais não se classifica, é necessário escrever um novo material ou otimizar o material mais antigo.


No geral, seu conteúdo precisa abordar os pontos problemáticos de seus consumidores e ajudar a facilitar a jornada de cada comprador de uma etapa para a outra. Se não for esse o caso, você precisará criar um novo conteúdo, preenchendo seu funil e fornecendo as próximas etapas de forma clara para cada contato.


- Análise de palavras-chave


Sua estratégia de conteúdo informará parcialmente sua estratégia de palavras-chave. Ao identificar lacunas em seu funil de conversão ou tópicos nos quais você deveria classificar, você naturalmente encontrará os termos que precisa focar e segmentar a sua produção de conteúdo.


No entanto, você deve aprofundar-se e determinar o que você já está classificando para desenvolver o restante de sua estratégia. Usando várias ferramentas de análise de SEO - sobre as quais falaremos mais adiante - você pode encontrar quais termos representam seus melhores desempenhos. Além disso, você pode ver quais termos entregam um desempenho inferior.


Toda essa informação pode ser reveladora. No final de sua análise de palavras-chave, você poderá determinar se precisa diversificar sua estratégia de keywords, dobrar o que está segmentando atualmente ou evitar certos termos - justamente porque eles não estão valendo os esforços da produção de conteúdo.


- Análise de competitividade


Além de determinar para quais palavras-chave você está ranqueando, você também deve descobrir como seus concorrentes estão se posicionando. Como já abordamos, suas estratégias de conteúdo e de palavras-chave devem ser combinadas. Portanto, também é importante acompanhar de perto o que seus concorrentes estão escrevendo.


Pergunte a si mesmo:


  • Quem são seus competidores?

  • Eles estão utilizando algum termo que você também deve se apropriar?

  • Como exatamente eles estão posicionando as próprias empresas?

  • Onde sua empresa se posiciona em relação à posição deles?


Tudo o que você aprende com sua análise competitiva deve nutrir suas estratégias de palavras-chave e conteúdo. É normal que você queira traçar sua trajetória para alavancar seus pontos fortes e explorar os pontos fracos de seus concorrentes. Para isso, é aconselhável monitorar as palavras-chave usadas por seus concorrentes e, quando necessário, incluí-las em sua estratégia de conteúdo.


- Análise na página (ou análise on-page)


Para que suas estratégias de conteúdo e palavras-chave causem impacto, você precisa garantir que seus esforços de SEO na página sejam bem-sucedidos. Se no fim do dia, suas postagens individuais do blog e páginas do site não forem efetivamente otimizadas para os mecanismos de busca, você não ganhará terreno ranqueando novas palavras-chave ou escrevendo sobre novos tópicos.


Ao avaliar seu sucesso na página, você deve garantir que sua estratégia de palavras-chave esteja claramente definida. Se o objetivo da sua página é classificar de acordo com uma determinada palavra-chave, verifique se o termo aparece no meta-título, na meta-descrição, no título da página e no decorrer da página.


Além disso, você deve pensar na arquitetura de links do seu site - conectando postagens internas através de hiperlinks que se conectam ao conteúdo relacionado do seu site. Isso ajudará a formar uma organização lógica do conteúdo e a melhorar a experiência do usuário em geral.


Todos os cabeçalhos também devem estar em conformidade com as práticas recomendadas de SEO. Use apenas uma tag H1 na sua página; cabeçalhos H2 também devem ser usados para dividir e organizar o conteúdo para os leitores. Isso é fundamental no novo foco de pesquisa semântica do Google e na experiência de intenção do usuário.


Por fim, qualquer imagem que apareça nas suas páginas deve incluir um texto alternativo claro. Lembre-se de que o objetivo do texto alternativo é a acessibilidade; portanto, se você não incluí-lo, estará deixando de disponibilizar seu site para todo o público.


- Fatores fora da página (ou fatores off-page)


Links externos também são muito importantes para o seu sucesso em SEO. Se outros sites de alta relevância estiverem vinculando sua página como referência, o algoritmo do Google interpreta isso como uma marca de confiança e identifica seu site como uma autoridade no setor. Analisar seus backlinks e criar uma estratégia pode ser essencial para o sucesso do seu site. Você pode verificá-los usando vários recursos de SEO.


- Erros técnicos


Se você tiver muitos erros técnicos em seu site, o Google rapidamente vai desconsiderar seu conteúdo. Os erros são uma grande bandeira vermelha hasteada, porque sugerem aos mecanismos de pesquisa que seu site não é estável e pode não fornecer uma boa experiência para os visitantes.


Se você tiver vários links quebrados, erros 404 (quando os navegadores não encontrarem uma página no servidor), imagens ausentes, loops de redirecionamento, conteúdo duplicado, baixa velocidade de carregamento das páginas ou uma série de outros problemas do tipo, é improvável que seu site seja bem classificado.


Garantir que seu site seja tecnicamente estável e relativamente livre de erros é a base de qualquer estratégia de SEO bem-sucedida. Se você tiver problemas nesta área, este é um ótimo lugar para começar.


- Ferramentas de Análise SEO


Para realizar uma checagem de SEO como essa, você precisa ter as ferramentas para fazer isso. Felizmente, existem muitas ferramentas on-line. Alguns dos nossos favoritos incluem:


  • Moz: oferecem uma série de informações e ferramentas em seu site.

  • SEMrush: Essa ferramenta permite que você acompanhe a classificação do seu site, analise palavras-chave individuais para ver que tipo de competição estão associadas a ele, monitora erros técnicos e realize muitas outras tarefas úteis.

  • Ubersuggest: a ferramenta de Neil Patel permite que os usuários pesquisem determinados domínios ou palavras-chave para ver quais são os resultados dessas consultas, rastrear palavras-chave e descobrir termos relacionados.

  • Google Search Console: um aspecto desta plataforma que consideramos mais útil é que você pode examinar as consultas que as pessoas pesquisam antes de entrar em páginas diferentes, descobrindo como o público está conhecendo seu conteúdo.

  • Planejador de palavras-chave do Google: essa ferramenta possui menos recursos, mas ainda permite pesquisar palavras-chave diferentes para ver termos relacionados, histórico de desempenho e o nível de concorrência relacionado a cada uma.


- Principais tópicos


A realização de uma análise de SEO é imprescindível se quiser melhorar sua estratégia focada em mecanismos de buscas. Sem analisar, você não poderá estabelecer uma direção clara para seus esforços de SEO. E isso pode fazer toda a diferença!


Se precisar de ajuda para realizar a auditoria de seu site, conte com a Prosperidade.





Copyright © Prosperidade Conteúdos